A importância da segurança patrimonial para sua empresa

Todos sabem que a segurança patrimonial protege os valores da empresa, sejam eles pessoas, ou bens materiais, mas poucos pensam na diferença que ela faz até em termos de estratégia produtiva. Já imaginou, por exemplo, se ocorre um incêndio na empresa? Essa fatalidade pode não só prejudicar como até mesmo paralisar as atividades do negócio, além de afetar a credibilidade da organização.

Confira no post de hoje, a importância de proteger seu patrimônio e algumas ótimas estratégias para isso!

 

TIPOS DE RISCO MAIS COMUNS

Como já mencionamos, além da proteção do patrimônio (material ou humano), a segurança patrimonial torna-se essencial para manter a produtividade e viabilizar a própria existência do negócio. Por isso, o ideal é avaliar o tipo de risco que cada tipo de negócio apresenta, de preferência com o apoio de uma empresa especializada em segurança, assim se observa as particularidades de cada situação, analisando a respectiva necessidade de prevenção.

Conheça os principais riscos patrimoniais:

  • Incêndios;
  • Furtos internos e externos;
  • Assaltos;
  • Atos de espionagem e concorrência desleal;
  • Violação de sistemas informatizados;
  • Sabotagens e paralisações intencionais de processos;
  • Chantagens;
  • Greves violentas;
  • Uso de álcool e drogas no ambiente de trabalho;
  • Epidemias e contaminações coletivas;
  • Acidentes, explosões e desabamentos;
  • Sequestros de dirigentes (ou de seus familiares);
  • Atos de terrorismo.

 

COMO GARANTIR SUA SEGURANÇA PATRIMONIAL

Seja em uma loja, escritório ou uma grande indústria, você precisa do suporte de uma empresa especializada que o ajude a identificar quais medidas precisam ser adotadas, levando em conta as normas estabelecidas, os equipamentos que devem ser instalados e a formação da equipe encarregada da segurança. Existem alguns princípios elementares da segurança patrimonial que devem ser considerados, confira abaixo:

Prevenção: os protocolos de segurança devem ser capazes de prevenir contra tudo o que pode afetar negativamente os processos da empresa.

Inibição: o sistema deve inibir os criminosos de atuarem no local.

Capacidade de reação: se a prevenção e a inibição não forem suficientes para impedir uma ação criminosa, o sistema deve prever uma reação para deter os criminosos.

Treinamento: é preciso ter um procedimentos padrão em casos de ocorrências, isso ocorre a partir de um treinamento com os colaboradores;

 

SEGURANÇA PATRIMONIAL NA PRÁTICA

De forma geral, os tipos de proteção oferecidas se dividem, basicamente: em vigilância, segurança física, segurança eletrônica e serviço de inteligência. Elencamos para você algumas das estratégias recomendadas para diferentes perfis de empresa.

 

COMÉRCIO/SERVIÇOS

Tenha um bom monitoramento

Não basta ter um circuito de câmeras, é preciso ter um sistema bem pensado. Como uma central de monitoramento que, ao ter um alarme disparado, por exemplo, acesse imediatamente as imagens, e ofereça mais agilidade para saber, em tempo real, o que está ocorrendo na sua loja. Existem, ainda sistemas que avisam no celular sobre o arme/desarme, o desarme fora do horário estipulado, abertura tardia da loja, além dos horários e os dias em que a loja está sendo aberta fora da normalidade.

Conte com os sensores de temperatura

Sua loja pode ter um monitoramento específico para a área do servidor. Através do Sensor de Temperatura é possível manter os servidores da sua empresa na temperatura recomendada sem parar com seu funcionamento. O que evita a paralisação da empresa e a perda de informações. Caso a temperatura ultrapasse o limite programado, a central de monitoramento receberá o sinal e comunicará a empresa. Os sensores também são usados em ilhas de supermercado, câmaras frias e para qualquer outro local que necessite manter uma determinada temperatura. O acesso a esses locais é realizado somente por pessoas autorizadas através de controle de acesso com leitores e fechaduras com sensores que também são monitorados.

 

LOJAS

Adote um monitoramento especial

Muitos sistemas permitem a você acompanhar o fluxo da loja, monitorando o atendimento dos clientes pelos funcionários e possíveis furtos que estiverem ocorrendo. É importante ter uma central que acessa as imagens em tempo real, tendo mais agilidade e segurança por saber o que está acontecendo sempre. Outra tecnologia que faz muita diferença em sua loja é o sensor de lente de cortina, que foca em determinados locais como, por exemplo, uma mão pegando algum produto na vitrine.

 

Tenha controle do alarme via celular

É possível acompanhar a ativação do alarme da empresa por meio de avisos no celular, garantindo que está protegida. Ou, ainda, ficar de olho em movimentos suspeitos como o desarme fora do horário estipulado, a chegada tardia do funcionário para abertura da loja ou ainda o fechamento dela mais cedo. Se a rotina for alterada, a empresa de segurança envia a informação direto para a palma da sua mão.

 

Não abra mão dos sensores especiais

Quando a loja tem características especiais de necessidade de segurança, como uma relojoaria, é importante usar os sensores de impacto. Para evitar a quebra de paredes para roubar cofre, joias ou outros objetos de valor, você pode contar com a inteligência e o conhecimento de empresas, que realizam projetos de segurança baseados em cada especificidade encontrada.

 

INDÚSTRIAS

Previna-se contra ocorrências perigosas

Para evitar prejuízos sérios, é essencial ter um monitoramento de sensores de temperatura e de nível de água. Sua aplicação pode ser realizada em diversas empresas com necessidades específicas. Por exemplo, se a temperatura de um frigorífico não estiver em conformidade, o alarme é disparado para ser realizada a averiguação, assim como a área de caldeiras, com risco de explosão, é monitorada e visualizada por câmeras.

 

Conte com um sistema de câmeras projetado inteligentemente

Para grandes áreas, como galpões, as empresas devem utilizar tecnologia de altíssima qualidade e adotar projetos inteligentes, como sensores de teto, por exemplo, que cobrem um espaço maior, minimizando situações de sombra. Assim, é possível pode acompanhar toda a movimentação na sua empresa, conseguindo visualizar os colaboradores, a produção, o fluxo das mercadorias, a entrada de pessoas e o acesso a determinadas áreas.

 

Proteja-se de acordo com exigências das seguradoras

Se você quer sentir-se seguro quanto à cobertura de possíveis danos da sua empresa, saiba que as seguradoras exigem, atualmente, a comprovação do uso de sistemas de incêndio monitorados com base na NBR 17240. É preciso ter equipamentos ligados 24 horas por dia, atendendo às exigências das seguradoras.

 

CONCLUSÃO

Proteja o seu sucesso

Quem tem uma empresa merece tranquilidade para pensar no que é especialista: o próprio negócio. Por isso, é fundamental que a sua empresa conte com um parceiro para projetar seu sistema de segurança de forma inteligente, realizando o dimensionamento correto de um sistema de segurança específico para a sua empresa - aquele que será capaz de prevenir riscos e evitar ocorrências.

Agora que você já sabe da importância da segurança patrimonial e conheceu alguns exemplos de sistemas, conte para nós: como você protege sua empresa e seus funcionários?

Fique ainda, à vontade para pedir qualquer auxílio, tirar qualquer dúvida, ou até mesmo solicitar uma consultoria gratuita!

Boa semana!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Newsletter

Assine nossa news para receber as publicações do blog em seu e-mail.

Obrigado pelo seu interesse...

Ops... Tente novamente mais tarde.

Empresa de monitoramento pioneira em Santa Catarina. São mais de três décadas atuando na entrega de soluções personalizadas em projetos de segurança.
FALE CONOSCO
phonewhatsapp linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram